BLOG

Fique por dentro do nosso conteúdo!

11 de novembro de 2021

Na sociedade atual, marcada pelo imperativo da conectividade, têm sido crescentes os usos de tecnologias digitais por crianças bem como a hiperexposição de seus cotidianos em plataformas de redes sociais. É bem verdade que a internet se apresenta como importante espaço para o compartilhamento de experiências e aprendizados entre o público infantil. No entanto, também se tornou um ambiente em que suas imagens circulam exaustivamente, por vezes sem o seu consentimento. Cada vez mais, perfis de crianças nas redes sociais digitais possibilitam o acompanhamento de seu crescimento quase que em tempo real, ganham visibilidade, engajam milhares de pessoas e atraem marcas anunciantes. LEIA MAIS.


04 de agosto de 2021

A campanha “Love Yourself” lançada pela famosa marca de lingeries Victoria’s Secret no ano de 2019, causou incômodo a forma como a diversidade foi abordada e “inclusa” entre seu time de modelos. A campanha coloca como propósito mostrar diversidade e empoderamento entre as modelos da marca, focando menos na sensualização dos corpos e mais em uma postura firme, de cabeça erguida e empoderada. Foram utilizadas quatro modelos na campanha e, entre elas, está Ali Tate-Cutler - ex-jogadora de futebol profissional, com um corpo atlético e curvilíneo - carregando consigo o título de “primeira modelo plus size da Victoria’s Secret”. LEIA MAIS.


25 de junho de 2021

A série norte-americana Emily em Paris estreou na plataforma de streaming Netflix no ano de 2020. A série nos dá subsídios para apresentar e discutir conceitos que permeiam essa produção, como estereótipos, práticas de contestação e a propaganda politicamente incorreta, além de questionar a representação e a glamourização do profissional no mercado publicitário. Nela, Emily Cooper, uma jovem norte-americana que é mestre em Comunicação, trabalha em uma agência de publicidade em Chicago. Surge então uma oportunidade de trabalhar em Paris, com a missão de levar uma visão americana para a agência parisiense. LEIA MAIS.


14 de maio de 2021

Após a eliminação da cantora Karol Conká da 21ª edição do Big Brother Brasil, em uma ação publicitária promovida pela marca Amstel, criadores de conteúdo publicaram posts nas redes sociais digitais em torno do tema ‘empatia’.

A empatia pode ser mercantilizada? É necessário pagar para que haja esse tipo de conversa? Quais os limites éticos dessa hibridização entre conteúdos sociais e comerciais? Esses foram alguns dos questionamentos desenvolvidos por estudantes e pesquisadores no grupo do OPSlab - Laboratório de Estudos e Observação em Publicidade, Comunicação e Sociedade. LEIA MAIS.


28 de abril de 2021

A presença de minorias em campanhas publicitárias normalmente é vista como positiva aos olhos progressistas, entretanto, devemos problematizar a qualidade dessa representação. Por exemplo: por que utilizar um casal lésbico em um anúncio sem o intuito de dar o mesmo nível de protagonismo dos casais héteros que fazem parte da mesma narrativa? Para tentar responder a tal questionamento, convido a lançarmos nosso olhar para um vídeo publicitário da empresa O Boticário, veiculado no ano de 2019, em comemoração ao Dia dos Namorados. LEIA MAIS.


16 de abril de 2021

O reality show Big Brother Brasil, no ar há mais de 20 anos, é um fenômeno de audiência e de repercussão. Temas levantados por ele costumam agendar discussões sociais, afetando até quem não assiste o programa. A 21ª edição do reality, que acontece em 2021, foi assistida por 43,7 milhões de pessoas em sua estreia e registrou, no dia 07 de março, a maior audiência da televisão brasileira. Tamanho êxito torna o reality um valioso espaço publicitário. Empresas, por meio de patrocínios, publicizam suas marcas mesclando-se a dinâmicas da competição. No BBB 21, as cotas publicitárias bateram recorde, sendo estipuladas em mais de R$ 530 milhões. LEIA MAIS.


24 de fevereiro de 2021

Mudamos! Agora somos o OPSlab - Laboratório de Estudos e Observação em Publicidade, Comunicação e Sociedade. Mas como assim? O OPS acabou? ⁣ Calma aí, não é nada disso!⁣

O OPSlab é uma expansão do OPS a fim de articular ensino, pesquisa e extensão. Continuaremos mantendo nosso foco na publicidade, porém vamos ampliar nosso olhar para outros campos da comunicação.⁣

Vinculado ao PPGCOM da UFMT, em 2021, o OPSlab está cheio de planos para produzir conhecimentos sobre a comunicação enquanto práxis político-pedagógica por meio dos eixos temáticos: ⁣

● Comunicação, representação e cidadania⁣

● Infâncias, juventudes e comunicação⁣

● Literacia publicitária⁣

Fiquem atentos, que vem muitas novidades por aí...


11 de março de 2020

'Infância, juventude e representação na mídia' foi o tema do cine debate sobre o curta 'Dúdú e o lápis cor da pele' (direção de Miguel Rodrigues) que o OPS - Observatório sobre Publicidade e Sociedade da UFMT realizou no dia 11 de março de 2020, às 19h, no SESC Arsenal, em Cuiabá. LEIA MAIS.


26 de outubro de 2019

O Observatório sobre Publicidade e Sociedade da UFMT esteve em Niterói de 22 a 26 de outubro participando da Conferência Brasileira de Comunicação Cidadã e do 10º Seminário da Associação Latinoamericana de Investigadores em Comunicação (ALAIC), eventos organizados conjuntamente pela ABPCOM - Associação Brasileira de Pesquisadores e Comunicadores em Comunicação Popular, Comunitária e Cidadã e pela ALAIC, sediados pelo Instituto de Artes e Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). LEIA MAIS.


19 de junho de 2019

Em abril de 2018, um anúncio publicitário do Banco do Brasil foi vetado pelo Governo Federal, sócio majoritário da empresa que funciona como economia mista. O VT produzido para uma de suas tradicionais campanhas institucionais, que tem exatos 31 segundos e é marcado pela diversidade, parece ter desagradado a alta cúpula do governo. LEIA MAIS.


08 de junho de 2019

Recentemente o evento denominado “Adoção na Passarela” fez com que os olhos de todo o país se voltassem para um shopping center de Cuiabá. O acontecimento foi autorizado pela juíza de direito da 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude e promovido pela Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (AMPARA), em parceria com a Comissão de Infância e Juventude (CIJ) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT). Realizado pela 1ª vez em 2016, esse ano reuniu cerca de 18 crianças e adolescentes de 4 a 17 anos aptos à adoção em um grande desfile aberto ao público e à mídia. LEIA MAIS.


27 de setembro de 2018

Recentemente foi divulgado que a famosa cadeia de restaurantes norte-americana Hooters está apostando em um novo nicho de mercado. Foi anunciada a inauguração do Hoots, um estabelecimento que apresenta como diferencial o uso de roupas que não sexualizam os corpos de suas garçonetes e a inclusão de homens trabalhando como garçons. Essa notícia gerou certo estranhamento devido ao histórico da Hooters. LEIA MAIS.